Explosão de carro-bomba mata 4 policiais e um civil na Colômbia

Quatro policiais e um civil, aparentementeum terrorista, morreram nesta sexta-feira em uma zona populosa de Cali, no sudoeste da Colômbia, após a explosão de um carro-bomba em frente a um quartel policial, segundo informaram as autoridades.O secretário do Governo de Cali, Miguel Yusti, disse que o ataqueaconteceu contra a unidade de Polícia do bairro de El Vallado, nosetor leste da capital do departamento de Valle. O general Luis Jacinto Mesa, comandante da Polícia de Valle,confirmou que foi um atentado com morte de quatro policiais e dapessoa que dirigia o veículo com quantidade ainda não determinada de explosivos. Segundo testemunhas, várias ambulâncias levaram feridos parahospitais da área, entre eles mais quatro policiais. O atentado em Cali acontece três dias antes da posse dopresidente colombiano, Álvaro Uribe, que assume a Presidência até 2010. Na segunda-feira passada, outro carro-bomba explodiu em uma rua do setor oeste de Bogotá na passagem de dois caminhões militares, e uma pessoa morreu e 21 soldados ficaram feridos. Na quarta-feira, também em Bogotá, foi encontrado um táxi com quase 100 quilos de explosivos. Nas duas últimas semanas, as autoridades desativaram váriosartefatos em Bogotá e nos departamentos de Arauca e Santander, entre outros, e confiscaram centenas de quilos de material para preparar bombas. Alguns relatórios de inteligência atribuem a autoria da ondaterrorista às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que estariam buscando sabotar a posse de Uribe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.