Explosão de carro-bomba mata 5 e fere 17 no Paquistão

Um terrorista suicida detonou um carro-bomba dentro de um posto militar e de guarda da fronteira no noroeste do Paquistão, matando cinco funcionários das forças de segurança. O ataque ocorreu em Baran Pul, a cerca de 50 km a leste de Miranshah, principal cidade do Waziristão do Norte, região tribal na fronteira com o Afeganistão. De acordo com a polícia local, 17 pessoas ficaram feridas, sendo sete em estado grave. As informações são da Dow Jones.

AE, Agencia Estado

09 de fevereiro de 2009 | 07h16

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoterrorismomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.