Explosão de carro-bomba mata 8 peregrinos no Iraque

A polícia iraquiana informou que a explosão hoje de um carro-bomba matou oito peregrinos xiitas que se dirigiam a um dos templos mais sagrados do país, localizado na cidade de Samarra. Policiais disseram que mulheres e crianças estão entre os que morreram quando o carro, estacionado numa rua, explodiu no início desta tarde (horário local). Dois policiais afirmaram, em condição de anonimato, que pelo menos 43 pessoas ficaram feridas após a explosão.

AE, Agência Estado

10 de fevereiro de 2011 | 11h34

Os peregrinos se dirigiam para a mesquita dourada de Samarra para as cerimônias que marcam a morte do 11.º imã, Hassan al-Askari. O templo é um dos mais sagrados no Iraque e foi atacado por insurgentes sunitas em fevereiro de 2006 em um dos principais conflitos da guerra. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.