Explosão de carro-bomba mata pelo menos 6 ao sul de Bagdá

Pelo menos seis pessoas morreram neste domingo na explosão de um carro-bomba num mercado popular na localidade de Al-Haswa, 55 quilômetros ao sul de Bagdá, informaram fontes policiais iraquianas. Segundo informações, a explosão deixou 22 feridos. Além disso, três veículos e várias barracas do mercado sofreram danos, acrescentaram as fontes. A localidade de Al-Haswa, situada no denominado "triângulo da morte", é atravessada pela principal estrada que une Bagdá às províncias xiitas do sul do Iraque. O ataque acontece em meio à violência sectária que sacode o país e que aumentou nos últimos dias depois que, na última quinta-feira, várias explosões no distrito xiita de Cidade de Sadr, no leste de Bagdá,mataram cerca de 200 pessoas e feriram 250. Os atentados resultaram em toque de recolher imposto por Bagdá para evitar represálias contra os sunitas. A medida deverá ser suspensa nesta segunda, segundo anúncio do governo iraquiano. Por enquanto, a proibição ao trânsito na capital iraquiana se mantém neste domingo, assim como o fechamento do aeroporto internacional de Bagdá.

Agencia Estado,

26 Novembro 2006 | 08h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.