Explosão de carro-bomba na capital do Iêmen deixa dois mortos

Um carro-bomba explodiu em Sanaa, capital do Iêmen, neste sábado próximo à mesquita de Qiba al-Mahdi usada pela milícia Houthi, deixando dois mortos e seis feridos, disseram testemunhas e uma fonte de segurança à Reuters.

REUTERS

20 de junho de 2015 | 09h40

Na quarta-feira, o grupo jihadista muçulmano sunita Estado Islâmico assumiu a responsabilidade por quatro carros-bomba que detonaram perto de mesquitas usadas pelos Houthis e a sede do grupo em Sanaa, deixando dois mortos e ferindo cerca de 60 pessoas.

Os Houthis, provenientes principalmente da facção xiita Zaydi e que são considerados hereges pelo Estado Islâmico, assumiram o controle de Sanaa em setembro, manobra que culminou em uma caótica guerra civil e meses de ataques aéreos por uma coalizão liderada pela Arábia Saudita.

Negociações organizadas pela ONU em Genebra entre os partidos iemenitas em guerra terminaram na sexta-feira sem acordo.

(Reportagem de Mohammed Ghobari)

Tudo o que sabemos sobre:
IEMENCARROBOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.