Explosão de carro no Iraque mata 2 britânicos

Explosão de um carro nas proximidades do principal portão de acesso à Zona Verde, que abriga o quartel-general das forças de coalizão no centro de Bagdá, matou quatro pessoas, incluindo dois civis britânicos, segundo informações oficiais. O coronel John Murray, do exército americano, disse que a causa da explosão não está clara e que não parecia ter sido provocada por suicida. Uma testemunha afirmou que o carro pertencia a um comboio e que dois homens que o acompanhavam iniciaram um inesperado tiroteio. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.