Explosão de carros-bomba mata 19 pessoas em Bagdá

Dois carros-bomba explodiram um posto de polícia próximo a um mercado de animais em Bagdá nesta quarta-feira, matando ao menos 19 pessoas, informaram autoridades do Iraque.

Estadão Conteúdo

10 de setembro de 2014 | 15h37

Os policiais contaram que o ataque começou com um homem-bomba que lançou seu veículo carregado de explosivos em um posto de controle usado pela polícia rodoviária no bairro de Nova Bagdá, matando cinco oficiais e ferindo outros nove. Segundos depois, a explosão de mais um carro próximo do mercado matou 14 comerciantes e pedestres e feriu outras 35 pessoas.

Forças de segurança bloquearam todas as vias que levavam ao local do ataque. Autoridades médicas confirmaram o número de mortos. Todos falaram em condição de anonimato porque não foram autorizados a falar com a imprensa.

No início do ano, o grupo de militantes Estado Islâmico tomou o controle de várias cidades no norte e no oeste do Iraque em uma operação relâmpago, afundando o país em sua pior crise desde 2011. A minoria sunita iraquiana, que dominou o país durante muito tempo no passado, reclama que o último governo levou o grupo à marginalização e à discriminação. As tensões entre o governo de Bagdá e os sunitas são vistas como um dos principais fatores para a escalada do extremismo na região. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Iraqueexplosões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.