EFE/José Luis Cruz
EFE/José Luis Cruz

Explosão de duto no México mata quatro pessoas

Integrantes do crime organizado dedicados ao roubo de hidrocarbonetos tentaram extrair combustível de um duto da Pemex que atravessa as comunidades de Cerritos e Mata Planta, mas geraram um vazamento que saiu de controle

O Estado de S.Paulo

13 Maio 2017 | 19h07

VERA CRUZ - Quatro pessoas morreram neste sábado, 13, por conta de uma explosão em um duto da empresa estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) provocada por um vazamento causado por uma tentativa de roubo clandestino no Estado de Vera Cruz, informaram autoridades locais.

Os relatórios oficiais apontaram que a explosão aconteceu na manhã deste sábado no município de Tierra Blanca, nos limites entre Vera Cruz e Oaxaca.

Integrantes do crime organizado dedicados ao roubo de hidrocarbonetos tentaram extrair combustível de um duto da Pemex que atravessa as comunidades de Cerritos e Mata Planta, mas geraram um vazamento que saiu de controle.

Os delinquentes deixaram a zona durante o vazamento, e quando um automóvel particular passou pelo local, ocorreu a explosão. Os quatro ocupantes do veículo morreram e a bola de fogo alcançou áreas de cultivo.

No dia 3 de maio, quatro militares e seis civis perderam a vida em um combate no povoado Palmito, no cêntrico Estado de Puebla, quando os elementos do Exército compareceram para investigar um roubo e foram recebidos a tiros pelos ladrões de combustível, conhecidos como huachicoleros. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.