Explosão de gás deixa 150.000 desabrigados na China

Pelo menos nove pessoas morreram e 150.000 tiveram de abandonar suas casas após um vazamento de cloro que causou a explosão de uma indústria química no sudoeste da China, informa o governo chinês. A explosão ocorreu na Indústria Química Tianyuan, na cidade de Chongqing, informa a agência de notícias oficial Nova China. Segundo a Nova China, há sete mortos e dois desaparecidos.Pelo menos sete reservatórios de cloro líquido apresentaram vazamento. O cheiro do gás tóxico pode ser sentido a até 300 metros do local, segundo a Nova China. A TV estatal diz que a causa do acidente foi o uso incorreto de uma peça antiga de equipamento. Os bombeiros usam uma mistura de água e soda cáustica para neutralizar o gás. A população foi removida em um raio de 3 km do local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.