Explosão de gás em fábrica deixa 12 mortos e fere cerca 300 na China

Vazamento de gás provocou o acidente no complexo; 50 estão em estado crítico

Efe,

28 de julho de 2010 | 05h28

Explosão deixou pelo menos 50 pessoas estão em estado grave

 

PEQUIM - Uma explosão em uma fábrica de plásticos na cidade de Nanjing, na província oriental chinesa de Jiangsu, deixou pelo menos 12 mortos e cerca de 300 feridos, informa a agência oficial de notícias chinesa Xinhua nesta quarta-feira, 28.

Por enquanto, as autoridades policiais não deram mais detalhes sobre o acidente, mas a imprensa local garante que mais de 300 pessoas foram levadas a hospitais, e que pelo menos 50 se encontram em situação grave.

 

A primeira investigação indica que a explosão, que aconteceu às 10h10 locais (23h10 de terça-feira em Brasília) foi causada por um vazamento de gás na fábrica, e os bombeiros ainda trabalham para controlar o fogo.

A explosão atingiu um ônibus que passava pelo local, e muitas pessoas que estavam no veículo ficaram feridas, segundo a imprensa.

A China tem o maior índice de mortes por acidentes de trabalho do mundo, em sua maioria no setor de mineração devido à falta de medidas de segurança laboral e ao estado obsoleto das instalações.

Só na primeira metade deste ano, mais de 34 mil pessoas morreram no país por acidentes de trabalho.

Explosão atingiu um ônibus que passava pelo local e muitos passageiros ficaram feridos

Tudo o que sabemos sobre:
China, explosão, feridos, fábrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.