Explosão de granada deixa oito feridos nas Filipinas

Pelo menos oito pessoas ficaram feridas na explosão de uma granada em frente a um mercado da cidade de Lipa, ao sul de Manila. Outra bomba também explodiu durante a madrugada em um posto de Polícia da capital filipina, sem deixar vítimas.Segundo a Polícia, as vítimas foram levadas com ferimentos leves para um hospital de Lipa, na província de Batangas. O porta-voz da Polícia de Lipa, Leoncio Hernández, afirmou que a investigação indica que o motivo do ataque foi uma vingança pessoal.O incidente aconteceu pouco depois de outra bomba explodir na estrutura de um ônibus na cidade de Quezón que serve de estação móvel e cela provisória da Polícia. A explosão ocorreu quando os três policiais tinham deixado o posto para tomar café da manhã.Fontes da Polícia informaram que neste caso se analisa a hipótese de um atentado da guerrilha comunista, de grupos criminosos ou de grupos terroristas islâmicos. Tanto a Polícia como o Exército estão em estado de alerta em Manila por ocasião da comemoração na segunda-feira do Dia da Independência, que segundo o Governo pode ser aproveitado pelos grupos da oposição para "desestabilizar" o país.A oposição continua pedindo a renúncia da presidente, Gloria Macapagal Arroyo, acusada de ter cometido fraudes para ganhar as eleições de maio de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.