Explosão de granada em mesquita fere 15 na Caxemira

Uma granada de mão explodiu em uma mesquita na conturbada região da Caxemira indiana, ferindo pelo menos 15 fiéis que se reuniam para as orações matinais, informou um oficial da polícia. Este foi o primeiro atentado de grande porte desde que Índia e Paquistão retomaram os esforços de paz, depois de mais de dois anos de impasse.Uma disputa territorial pela Caxemira e 14 anos de insurgência islâmica na região fazem parte das cinco décadas de conflito entre as duas nações, ex-colônias britânicas e atuais potências nucleares.Agressores não identificados fugiram do local depois de jogarem uma granada contra a mesquita, situada em um movimentado distrito comercial de Jammu, a capital de inverno do Estado indiano de Jammu-Caxemira, disse Faruk Khan, subcomandante da polícia local.Dois dos 15 feridos apresentam condições críticas de saúde, informou a polícia. As forças de segurança vasculham a região em busca dos agressores, prosseguiram porta-vozes policiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.