Explosão de micro-ônibus deixa 7 mortos em Nairóbi

A explosão de um miniônibus em uma região predominantemente somali na capital do Quênia matou sete pessoas e feriu outras 29 neste domingo, informou a polícia e a Cruz Vermelha.

AE, Agência Estado

18 de novembro de 2012 | 18h37

O chefe de polícia de Nairóbi, Moses Nyakwama, disse que um dispositivo explosivo foi arremessado contra o veículo no distrito de Eastleigh, onde vivem somalis ou quenianos de origem somali. A região tem sido alvo de outros ataques nas últimas semanas.

"A informação que temos é de que havia cerca de 25 pessoas no ônibus. Parece que um explosivo improvisado foi arremessado contra ele", afirmou Nyakwama. "A explosão ocorreu em um lugar congestionado, então até mesmo pessoas que passavam pelo local se feriram."

A Cruz Vermelha do Quênia informou por meio de sua conta no Twitter que havia sete mortos e 29 feridos.

O país sofreu uma onda de ataques com granadas e armas, frequentemente atribuídos a simpatizantes do grupo insurgente islâmico somali Shebab, desde que o exército entrou na Somália no ano passado para expulsá-los. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Quêniaexplosãomicroônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.