Explosão de mina deixa 7 civis mortos no sul do Afeganistão

Crianças estavam entre as vítimas, todas da mesma família; outras 5 pessoas morreram na terça-feira

Efe,

23 de setembro de 2009 | 13h38

Pelo menos sete pessoas de uma mesma família, entre elas várias crianças, morreram nesta quarta-feira, 23, quando o veículo em que viajam passou em cima de uma mina na província de Kandahar, no Sul do Afeganistão, conforme informou o porta-voz do governo local, Zelmai Ayoubi.

 

Veja também:

especial Especial: 30 anos de violência e caos no Afeganistão 

video Vídeo: Correspondente do 'Estado' fala do conflito no país

 

O funcionário explicou que a explosão ocorreu pela manhã no distrito de Panjwayi e atribuiu a responsabilidade do ataque aos inimigos do Afeganistão, termo usado pelas autoridades para se referir ao Taleban.

 

Na província de Farah, no oeste do país, outras cinco pessoas morreram e sete ficaram feridas quando seu veículo também foi atingido por uma mina colocada em uma estrada. O porta-voz da Polícia da região oeste, Abdul Rauf Ahmadi, explicou que a explosão ocorreu na terça-feira, por volta das 16 horas locais, no distrito de Gulistan.

 

Os ataques dos insurgentes são frequentes no Afeganistão, especialmente nas províncias do sul onde se encontram as principais concentrações do Taleban. Nos seis primeiros meses deste ano, 1.013 civis morreram vítimas do conflito afegão sendo que 595 perderam a vida em ações dos insurgentes, segundo dados da missão da ONU no país.

Tudo o que sabemos sobre:
explosãoAfeganistãoTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.