Explosão de mina terrestre mata 12 policiais na Índia

Uma mina terrestre supostamente plantada por rebeldes comunistas explodiu nesta quinta-feira no momento da passagem de um jipe da polícia no leste da Índia, provocando a morte de 12 integrantes de uma força policial paramilitar, informaram autoridades locais.Os paramilitares da Força de Reserva Central de Polícia retornavam à sua base no Estado de Jharkhand depois de uma missão de desmantelamento de minas terrestres quando o veículo no qual viajavam passou por cima de uma mina plantada na estrada, disse B. C. Verma, comandante da polícia local.A explosão ocorreu perto da aldeia de Karampada, cerca de 250 quilômetros ao sul de Patna, capital de Jharkhand, disse Verma. O local da explosão fica numa área remota do Estado e as informações iniciais davam conta que cinco paramilitares haviam morrido enquanto limpavam minas em uma escola.Os rebeldes comunistas da região dizem-se inspirados no líder revolucionário chinês Mao Tsé-tung. Eles lutam há mais de duas décadas para exigir terra e empregos para os agricultores e os pobres.Conhecidos como Naxalitas, os rebeldes maoístas da região são ativos em seis dos 28 Estados indianos: Andhra Pradesh, Bihar, Chattisgarh, Jharkhand, Karnataka e Orissa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.