Explosão de mina terrestre mata 9 no leste da Índia

Um veículo que levava forças do governo explodiu no leste da Índia hoje, matando pelo menos nove pessoas. Os atacantes, supostamente rebeldes comunistas, detonaram uma mina terrestre quando o grupo retornava depois de ter levado suplementos a uma delegacia de polícia do distrito de Dantewada, a cerca de 500 quilômetros ao sul de Raipur, a capital do Estado de Jharkhand, disse o inspetor-geral de polícia Amarnath Upadhyaya. Os rebeldes fugiram após o ataque.

AE-AP, Agencia Estado

06 de maio de 2009 | 14h43

Os mortos eram dois soldados paramilitares, quatro membros de um grupo armado de vigilância apoiado pelo governo e três civis. As guerrilhas comunistas, que dizem ser inspiradas pelo líder comunista chinês Mao Zedong, lutam há mais de três décadas em vários Estados indianos exigindo terra e emprego para os pobres e trabalhadores rurais. Nós últimos anos, cerca de 2 mil pessoas, entre elas policiais, militantes e civis, morreram nesses confrontos.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiamina terrestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.