Explosão de minas mata 5 militares no sudoeste da Colômbia

Cinco membros do Exército colombiano morreram na quarta-feira na explosão de minas colocadas por rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no departamento do Valle del Cauca (sudoeste do país), informaram fontes militares.A patrulha foi atingida pelos explosivos na zona rural domunicípio de Buga (450 quilômetros ao sudoeste de Bogotá), onde morreram dois suboficiais e três soldados. Dois militares também ficaram feridos, informou a Terceira Brigada do Exército.Um porta-voz do destacamento disse que as vítimaspertenciam ao batalhão "Palacé", que perseguia guerrilheiros da "Coluna Móvel Alonso Cortés" das Farc."No local morreram o segundo sargento William Chantre Mejía, o cabo Oscar Ditta Martínez, os soldados Gilmer Antonio Zapata Orozco, José Wilder Martínez Marín e Geovanny García Montaño", assinalou a brigada.Os soldados Lisandro Acevedo Sánchez e LuisArcadio Quintero Muñoz foram levados feridos a hospitais de Cali, capital do Valle del Cauca.A Terceira Brigada advertiu que estes fatos "constituem graves infrações aos direitos humanos e ao direito internacional humanitário, por parte dos grupos armados à margem da lei".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.