Explosão de navio sul-coreano deixa cinco mortos

Acidente aconteceu quando a tripulação drenava vapores de gasolina de um tanque de petróleo no deque para remover os resíduos

Reuters,

15 de janeiro de 2012 | 15h25

SEUL - Uma explosão em um navio petroleiro em águas sul-coreanas, perto do porto da cidade de Incheon, no oeste, matou cinco pessoas neste domingo, informou a guarda costeira. Seis tripulantes estavam desaparecidos.

Um porta-voz da Guarda Costeira da Coreia disse que a explosão no navio com capacidade para 4.191 toneladas de carga, com 16 tripulantes - 11 coreanos e cinco birmaneses - a bordo, aconteceu nas águas ao norte da ilha Jawol, perto de Incheon. Cinco pessoas, inclusive o capitão, foram resgatadas.

Pelo menos dois dos tripulantes eram birmaneses, disse o porta-voz. A guarda costeira tentava identificar os corpos dos outros tripulantes.

Imagens da televisão mostraram que a explosão partiu o navio quase em dois, deixando-o meio submerso. Não foi reportado vazamento de petróleo.

O navio seguia para o sul para voltar para Daesan, outro porto na costa oeste, depois de entregar gasolina no porte do Incheon.

A causa da explosão ainda não era conhecida, mas a agência de notícias Yonhap citou o capitão da embarcação, que disse que a explosão aconteceu quando a tripulação drenava vapores de gasolina de um tanque de petróleo no deque para remover os resíduos.

Ele disse que eletricidade estática pode ter inflamado o combustível, provocando a explosão.

(Reportagem de Sun-won Shim)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.