Explosão de oleoduto mata 110 pessoas na Coréia do Norte

A organização sul-coreana afirma que acidente ocorreu em 9 de junho em Pyongan

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 13h05

O grupo de proteção sul-coreano, Bons Amigos, reclamou nesta terça-feira, 19, a morte de cerca de 110 pessoas neste mês. A causa foi a explosão em decorrência de derramamento de óleo de um oleoduto em más condições numa área rural do país comunista. A organização sediada em Seul, disse em um boletim, que o incidente ocorreu em 9 de junho no norte da província de Pyongan, na fronteira com a China. O grupo independente, que atua no norte do país, declarou que a explosão ocorreu enquanto as pessoas recolhiam os destroços de uma parte do navio. As vítimas foram envolvidas em chamas. O fogo só foi extinto no dia seguinte. O Ministério de Unificação da Coréia do Sul, conforme novo relacionamento com a Coréia do Norte, disse verifica o ocorrido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.