Explosão de oleoduto mata 27 em Puebla

Pelo menos 27 pessoas morreram na explosão de um oleoduto da empresa Pemex em Puebla, região central do México. Outras 52 ficaram feridas. E 5 mil tiveram de deixar suas casas. Suspeita-se que a explosão tenha ocorrido num ponto do duto de onde pessoas tentavam roubar petróleo. O porta-voz da Secretaria de Governo de Puebla, Noé Torres, disse que um grande incêndio e várias explosões menores se seguram à primeira.

, O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.