Explosão de ônibus na Bulgária lembra tentativa frustrada de ataque

Em janeiro, atentado tinha como alvo turistas israelenses com destino a estação de esqui

estadão.com.br,

18 de julho de 2012 | 13h40

Texto atualizado às 15h08

SÓFIA - A explosão que atingiu um ônibus que transportava turistas israelenses no aeroporto de Burgas, na Bulgária, nesta quarta-feira, 18, relembrou relatos de um ataque frustrado que tinha também como alvo um ônibus fretado para levar turistas israelenses a uma estação de esqui, em janeiro deste ano.

 

Veja também:

linkÔnibus com turistas israelenses explode em aeroporto na Bulgária

 

Na ocasião, o dispositivo foi encontrado dentro do veículo, segundo a agência de notícias da Bulgária, Novinite. Por conta disso, tropas búlgaras estabeleceram-se em várias estâncias de esqui frequentadas por turistas israelenses.

 

 

Na época, o atentado frustrado foi relacionado ao quarto aniversário de morte do comandante militar do grupo libanês Hezbollah, Imad Mughniyeh, que foi assassinado em 2008, em um ataque com um carro-bomba na Síria.

 

Turistas israelenses já foram alvo de ataques anteriores na Índia, Tailândia e Azerbaijão. Israel culpa o Irã pelos incidentes.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelBulgáriaAtaque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.