Explosão de torpedo afundou Kursk

O naufrágio do submarino nuclear russo Kursk foi provocado pela explosão de um de seus torpedos, informou ontem o chefe da comissão governamental de investigações, o vice-primeiro-ministro Ilya Klebanov. Em entrevista à rede de televisão NTV, ele destacou que "ainda não está claro o que causou a detonação", deixando aberta a possibilidade de colisão com um objeto não identificado. "Provavelmente uma mina, que pode ter provocado uma situação anormal no interior do torpedo." Ontem, foram retirados três torpedos do interior dos restos do submarino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.