Explosão de uma bomba mata pelo menos 10 em Bagdá

Pelo menos 10 pessoas morreram e cerca de 20 ficaram feridas na explosão de uma bomba em uma cidade próxima à cidade de Baquba, 65 quilômetros ao nordeste de Bagdá. A explosão aconteceu perto de uma mesquita sunita de Hibhib, depois da prece do meio-dia, assistida por fiéis sunitas e xiitas todas as sextas-feiras no Iraque.Hibhib está situada a cerca de 10 quilômetros de Baquba, capital da conflituosa província de Diyala, onde morreu há duas semanas o líder da Al Qaeda, Zarqawi, em um bombardeio aéreo americano.O atentado em Baquba aconteceu pouco depois do anúncio do toque de recolher imposto em Bagdá às 14h (7h de Brasília) e que durará 12 horas. A medida foi tomada pelo governo para prevenir atentados com carros-bomba na capital.O braço iraquiano da Al Qaeda, ao qual são atribuídos atentados sangrentos contra os xiitas, prometeu vingar-se da morte de Zarqawi, no último dia 7.O grupo terrorista anunciou quatro dias depois da morte de Zarqawi a escolha de um sucessor, identificado como Abu Hamza al-Muhajer.Na sexta-feira passada (16), um sapato-bomba provocou a morte de 10 pessoas e feriu outras 25. O ataque suicida também ocorreu depois da oração do meio-dia, na mesquita de Al Burasa, no bairro de Al Ubaifia, e foi atribuído a uma vingança contra a morte de Zarqawi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.