Explosão deixa 11 mineradores presos em poço de carvão na China

Onze mineradores ficaram presos depois de uma explosão de gás em uma mina de carvão na província central de Hunan, confirmou a Administração Nacional de Segurança Laboral. O acidente aconteceu ontem no poço de Gaopin, de propriedade pública, e com uma produção anual de 20.000 toneladas. A elevada densidade de gás impossibilitou até o momento a entrada dos serviços de resgate aos poços. Funcionários locais e provinciais se deslocaram ao lugar do acidente, acrescentou a administração. As minas de carvão chinesas registram 80% das mortes no setor, em nível mundial, com 6.000 falecidos por ano, devido à idade dos poços e a que os proprietários antepõem a produtividade às medidas de segurança, entre outros fatores.

Agencia Estado,

13 Março 2006 | 01h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.