Explosão deixa 9 mortos e 4 feridos na Turquia

Nove pessoas morreram e quatro ficaram feridas hoje na Turquia, após uma explosão de origem desconhecida atingir um micro-ônibus, segundo informações da emissora CNN-Turk. Há um bebê de 15 meses entre os feridos. O Exército já iniciou as buscas pelos responsáveis pelo atentado ocorrido perto da aldeia de Gecitli, na província de Hakkari, afirmou o governador Muammer Guler. A região faz fronteira com o Irã e com o Iraque.

AE-AP, Agência Estado

16 de setembro de 2010 | 09h04

Um breve enfrentamento ocorreu entre os moradores curdos e os soldados que chegaram para investigar o caso, após alguns vizinhos aparentemente se negarem a devolver uma bolsa que encontraram, segundo a CNN-Turk. Os soldados efetuaram disparos para o ar, enquanto um adolescente foi visto jogando pedras nos militares.

Há versões contraditórias sobre como ocorreu a explosão. A emissora NTV informou que o veículo se chocou com uma mina terrestre, enquanto a agência de notícias Dogan deu a entender que a explosão ocorreu dentro do micro-ônibus. A CNN-Turk, citando a agência local de notícias Cihan, também disse que o veículo se chocou com uma mina terrestre. Segundo a Dogan, o micro-ônibus seguia para os povoados de Durankaya e Gecitli.

Os rebeldes curdos já realizaram vários ataques com bombas na região, como parte de sua luta pela autonomia do sudeste da Turquia. Os insurgentes curdos travam desde 1984 uma campanha guerrilheira para formar uma região autônoma no sudeste da Turquia. O conflito já deixou dezenas de milhares de mortos.

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiaatentadoexplosãocurdos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.