Explosão deixa nove mortos e 57 feridos a Índia

Foi o primeiro atentado na Índia desde que um grupo militante matou 166 pessoas, em novembro de 2008

Associated Press,

14 de fevereiro de 2010 | 06h00

A explosão de uma padaria neste domingo, 14, perto de um centro de meditação no oeste da Índia, provocou a morte de nove pessoas e deixou outras 57 feridas.

 

O ministro do Interior Palaniappan Chidambaram disse que a bomba estava em uma mala que foi deixada abandonada. Ele acrescentou, falando à imprensa que um estrangeiro estava entre os nove mortos, mas a nacionalidade dele ainda não é conhecida.

 

O ataque de sábado foi o primeiro a Índia desde que um grupo militante provocou um atentado em Mumbai em novembro 2008, que resultou na morte de 166 pessoas.

Tudo o que sabemos sobre:
bombaÍndia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.