Explosão deixa pelo menos cinco mortos no Equador

Pelo menos cinco pessoas morreram na noite desta quarta-feira na explosão de um depósito de pólvora na cidade equatoriana de Riobamba, a 160 km ao sul de Quito. Segundo as autoridades locais, os mortos são três militares e dois civis. O ministro da Saúde, Vicente Habze, informou que o número de ferido pode passar de 300. Ainda não se sabe as causas do acidente. A maioria das pessoas foi atingida por estilhaços das janelas, que quebraram com as explosões. Os feridos estão sendo atendidos em hospitais da cidade e em outros locais como Ambato e Latacunga. O depósito de granadas e munições pertence à brigada blindada Galápagos do Exército, a maior do Equador. Os serviços de energia elétrica e telefones não estão funcionando e o prefeito de Riobamba, Fernando Guerrero, ordenou a suspensão das aulas e o fechamento dos bancos nesta quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.