DICLE NEWS AGENCY / AFP
DICLE NEWS AGENCY / AFP

Explosão em cidade turca perto da fronteira com a Síria deixa mais de 25 mortos

Autoridades atribuem ataque ao Estado Islâmico; explosão ocorreu em centro cultural onde era debatida a reconstrução de Kobani

O Estado de S. Paulo

20 de julho de 2015 | 09h01

ISTAMBUL - Ao menos 27 pessoas foram mortas e 100 ficaram feridas nesta segunda-feira, 20, em uma explosão na cidade de Suruc, na Turquia, perto da fronteira com a Síria.

A cidade de Suruc é um importante ponto de comunicação com a cidade sírio-curda de Kobani, onde curdos tentam combater o Estado Islâmico (EI).

A explosão aconteceu ao meio-dia (6h no horário de Brasília) no jardim de um centro cultural local. Autoridades locais atribuem o ataque a extremistas do EI. "Nossa evidência inicial mostra que foi um ataque suicida do Estado Islâmico", afirmou uma importante autoridade à Reuters.

O artefato explodiu durante uma reunião no centro cultural Amara, que pertence à Federação de Associações de Juventudes Socialistas. A Federação realizava uma campanha para apoiar a reconstrução de Kobani após o assédio jihadista e coordenava os que queriam se deslocar à cidade curda. 

Kobani foi a maior derrota do Estado Islâmico no ano passado desde que o grupo tomou o controle de grandes áreas no Iraque e na Síria e tornou-se um símbolo da resistência curda contra o grupo. /AP, EFE e REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.