Explosão em cidade turística turca mata três e fere pelo menos 18

Pelo menos três pessoas morreram e outras 18 ficaram feridas nesta segunda-feira em uma explosão ocorrida na cidade turística de Antalya, no sudoeste da Turquia. De acordo com a polícia de Antalya, a detonação ocorreu perto de um edifício comercial próximo ao portão de um castelo histórico no centro da cidade, situada no litoral Mediterrâneo. O balneário é um destino comum entre milhares de turistas russos e alemães.Bombeiros enviados ao local da explosão encontraram dois corpos parcialmente carbonizados na rua, disse o porta-voz da polícia Akif Aktug à agência de notícias estatal Anatolia.Uma pessoa previamente relatada como ferida morreu mais tarde no hospital, elevando o número de mortos para três, informou o canal de televisão turco NTV.Ainda de acordo com a NTV, dezoito pessoas também teriam ficado feridas. Mais cedo, a rede de TV CNNTurk havia informado 20 feridos em conseqüência da explosão. A explosão teria causado um incêndio, de acordo com a mídia local. Explosões do domingoPelo menos 27 pessoas ficaram feridas, entre elas dez turistas britânicos, em quatro explosões registradas na Turquia, três delas na cidade litorânea de Marmaris, no mar Egeu, e uma em Istambul, informaram fontes oficiais.Dos feridos, 17 são turcos e outros 10 britânicos em férias no balneário. O governador da província de Mugla (onde fica Maemaris), Cemalettin Ozdemir, afirmou que uma bomba teria sido alojada debaixo de um assento de um micro-ônibus que transportava turistas ingleses. A seqüência de explosões aconteceu no início da noite deste domingo, 27. Segundo a agência oficial Anatólia, que citou como fonte o diretor de Segurança de Istambul, Celalettin Cerrah, entre as vítimas estão seis pessoas feridas numa explosão no bairro de Bagcilar, em Istambul.As explosões aconteceram às 21h30 de domingo (15h30 de Brasília).Um grupo militante curdo assumiu a responsabilidade pelas explosões de domingo nesta segunda-feira. A guerrilha curda tem um passado de ataques a resorts turísticos. Em 2005, outro micro-ônibus foi alvo de uma bomba que matou cinco pessoas e feriu outras 13. Naquela oportunidade, entre os mortos havia uma mulher britânica e um adolescente irlandêsTexto e título atualizados às 13h05

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.