Sebastien Nogier/arquivo/Reuters
Sebastien Nogier/arquivo/Reuters

Explosão em complexo nuclear na França mata uma pessoa

Agência nuclear francesa disse que não houve vazamento de material radioativo; 4 pessoas ficaram feridas

estadão.com.br

12 Setembro 2011 | 08h49

Uma explosão matou uma pessaos e feriu outras quatro no complexo nuclear de Marcoule, perto da cidade de Nimes, no Vale do Rhône, sul da França.

 

A Autoridade de Segurança Nuclear da França (ANS) disse que não houve vazamento nuclear. Bombeiros e a prefeitura do local, haviam dito anteriormente que poderia haver riscos de escape de material nuclear, de acordo com as informações da AFP.

 

O acidente ocorreu por volta das 11h45 do horário local. "De acordo com informações iniciais, a explosão ocorreu em um frono usado para derreter lixo radioativo metálico de pouca ou muito pouca radioatividade", informou a ANS em um comunicado.

 

Os feridos foram levados para o hospital de  Bagnols-sur-Cèze, próximo ao local. Ainda não se sabe as causas do acidente.

 

A explosão ocorreu no centro de tratamento de resíduos nucleares Centraco. O local é propriedade da Socodei, subsidiária da Électricité de France (EDF), maior produtora e distribuidora de energia da França, informou um porta-voz do Comissariado de Energia Atômica (CEA).

 

 
A EDF informou que o fogo já está sob controle e que uma vila vizinha não foi esvaziada por causa do problema. Segundo a EDF, não houve vazamento radioativo.

 

"Por enquanto, nada saiu do local", disse o porta-voz da CEA, pedindo anonimato. Bombeiros informaram que um perímetro de segurança foi estabelecido no entorno do local, sem dar mais informações.

 

O complexo nuclear de Marcoule apenas lida com lixo radioativo, e não possui reatores nucleares.

 

Aguarde mais informações

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.