Explosão em estrada mata ao menos nove soldados no Iraque

Militares iraquianos estavam de folga quando ocorreu o ataque; polícia busca autores

Associated Press e Efe

15 de setembro de 2010 | 09h06

BAGDÁ - Ao menos nove soldados iraquianos morreram e cinco ficaram feridos nesta quarta-feira, 15, após a explosão de uma bomba na estrada por onde passavam, transportados por um caminhão militar, perto da cidade de Mossul, no norte do país, segundo autoridades locais.

 

Autoridades militares e policiais do Iraque informaram que a explosão ocorreu na tarde desta quarta-feira (horário local), na estrada que liga Mossul à aldeia de Tal Afar, 420 quilômetros a noroeste de Bagdá. As fontes, que pediram anonimato, disseram que os soldados estavam de folga quando ocorreu o atentado. As forças de segurança iraquianas lançaram uma operação para buscar aos autores do ataque.

 

Também nesta quarta, ao menos sete pessoas morreram e outras três ficaram feridas durante uma operação realizada pelas forças iraquianas e americanas em várias casas do sul de Faluja, a 50 quilômetros ao oeste de Bagdá.

 

Os fatos ocorreram 15 dias depois de as tropas americanas anunciarem oficialmente o fim das operações de combate no país e o começo de uma nova etapa, batizada de "Novo Amanhecer".

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatentadosbombaestradasoldados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.