Explosão em exercício mata 5 militares na Espanha

Governo descarta ação terrorista; homens desativavam minas em campo aberto quando acidente ocorreu

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2011 | 10h27

MADRI - Cinco militares espanhóis morreram nesta quinta-feira, 24, e outros três ficaram feridos, após uma explosão aparentemente acidental enquanto eles realizavam manobras nas proximidades de Madri. O Ministério da Defesa informou que a explosão ocorreu no quartel de Hoyo de Manzanares.

O governo descartou que se trate de um atentado terrorista. A unidade realizava um exercício de desativação de minas em campo aberto quando houve a explosão, cujas causas são investigadas. O grupo que treinava iria viajar nas próximas semanas para o Líbano, onde a Espanha tem tropas em missão de paz, e os exercícios eram parte desse treinamento.

Em junho, um oficial morreu e outros seis ficaram feridos após uma explosão acidental durante outro exercício em um quartel da Guarda Civil em Valdemoro, perto de Madri. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhamilitaresmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.