Explosão em fábrica da Sinopec causa pelo menos 5 mortes

Segundo informações, houve um vazamento de gás durante a manipulação de oxigênio

Efe

16 de setembro de 2010 | 01h21

PEQUIM - Uma explosão em uma fábrica de materiais plásticos da gigante estatal chinesa do petróleo Sinopec causou pelo menos cinco mortes e deixou um ferido na província de Shandong, leste do país, informou nesta quinta-feira, 16, a agência oficial Xinhua.

O acidente aconteceu às 20h38 locais (9h38 em Brasília) na quarta-feira, quando trabalhadores da fábrica manipulavam nitrogênio em uma operação de manutenção, segundo um responsável da companhia.

Durante a operação, um encanamento se soltou, permitindo vazamento de gás, o que causou uma explosão que matou dois operários no local, enquanto outros três morreram em um hospital próximo quando recebiam tratamento pelos ferimentos sofridos.

As forças de segurança locais iniciaram uma investigação do fato, que determinou negligência como possível causa do incidente.

A China sofre em média um acidente industrial a cada dois dias, segundo estatísticas do governo reveladas nos últimos anos.

Este foi o segundo acidente dos últimos dias envolvendo a estatal Sinopec, uma das maiores petrolíferas chinesas. No início de setembro, uma plataforma perfuradora de petróleo da companhia no Mar do Leste da China se inclinou 45 graus após a passagem do tufão Malou, obrigando a evacuação de seus trabalhadores.

Tudo o que sabemos sobre:
Sinopec, fábrica, explosão, China

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.