Soe Zeya Tun/Reuters
Soe Zeya Tun/Reuters

Explosão em galpão seguida de incêndio deixa 20 mortos em Mianmar

Não se sabe ainda se grupos étnicos rebeldes estão por trás do ocorrido

Efe,

29 de dezembro de 2011 | 04h46

YANGUN - Pelo menos 20 pessoas morreram e 95 ficaram feridas, na madrugada desta quinta-feira, 29, após uma explosão seguida de incêndio em Yangun, a antiga capital e maior cidade de Mianmar, no sul da Ásia.

 

O fogo teve início por volta das 2 horas (horário local) num armazém do governo e se alastrou rapidamente pelas casas no entorno, principalmente as residências feitas de madeira. Entre os mortos há seis mulheres e três bombeiros, que perderam a vida tentando apagar as chamas. Outros 30 bombeiros ficaram feridos. As autoridades locais ainda estão investigando as causas do acidente. Em outros casos parecidos, grupos étnicos rebeldes teriam sido os responsáveis pelo crime.

 

Na semana passada, uma mulher morreu e outra ficou ferida numa explosão ocorrida no campus da Universidade de Yangun. Em novembro, dez pessoas morreram e 27 ficaram feridas devido à explosão de uma bomba num orfanato em Mytkyina, capital do estado de Kachin, no norte do país.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.