Explosão em Gaza mata dois jovens palestinos

Dois jovens palestinos morreram hoje em uma explosão na Cidade do Gaza. Acredita-se que eles tenham sido vítimas de uma granada de um tanque israelense, que não havia explodido anteriormente, segundo fontes médicas e de segurança. A dupla morreu quando o dispositivo explodiu no bairro de Shujaiyeh, segundo as fontes de segurança.

AE, Agência Estado

10 de dezembro de 2010 | 15h19

A granada provavelmente foi deixada durante a guerra de 22 dias que Israel travou na Faixa de Gaza com o grupo militante Hamas. O conflito eclodiu em dezembro de 2008 e deixou 1.400 palestinos mortos, além de 13 israelenses, sendo dez soldados. Os jovens, ambos com 16 anos, foram identificados como Mumen Hilles e Muntasser al-Batniji.

O Exército israelense afirmou não estar ciente do caso. Também hoje militantes palestinos dispararam de Gaza um foguete no sul de Israel, segundo o Exército. Não houve feridos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
terrorismoGazamortejovenspalestinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.