Explosão em Gaza mata militante do Hamas

Uma explosão ocorrida em uma casa no campo derefugiados de Jebalia, ao norte de Gaza, matou um militante do movimento islâmico Hamas e deixou sete feridos, entre eles uma criança de 8 anos, segundo fontes policiais. A explosão ocorreu na casa de um conhecido militante das Brigadas de Izz al-Din al-Qassam, Mohammed Saari. O imóvel ficou totalmentedestruído. Segundo as primeiras investigações, a explosão ocorreu quando a vítima manipulava dinamite. Trata-se do sexto morto palestino em Gaza desde domingo à noite, quando cinco pessoas, entre elas uma mulher no oitavo mês de gravidez, morreram em tiroteios entre milicianos do Fatah, leais aopresidente Mahmoud Abbas, e os do Hamas, seguidores do primeiro-ministro Ismail Haniyeh. O presidente Abbas, segundo fonte da ANP, divulgará nesta segunda-feira uma mensagem à nação pela emissora "Voz da Palestina" sobre a grave crise política com Haniyeh e as manifestações de violência na faixa de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.