Explosão em hospital mata três pessoas no Paquistão

Pelo menos três pessoas morreram, entre elas duas enfermeiras, e outras 15 ficaram feridas nesta sexta-feira depois que uma granada explodiu em um hospital cristão na cidade paquistanesa de Taxila, a 40 km de Islamabad, capital do Paquistão, informaram fontes policiais locais. A granada foi lançada por três homens, um deles acabou morrendo no local, dentro da capela do hospital. O atentado é o segundo em menos de um semana contra alvos ocidentais. Na segunda-feira, homens armados entraram em uma escola cristã, a 56 km ao noroeste de Islamabad, e mataram seis pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.