Explosão em igreja na Nigéria deixa 8 pessoas mortas

Um carro-bomba invadiu o terreno de uma igreja no norte da Nigéria neste domingo e explodiu enquanto as pessoas saíam da missa, deixando pelo menos oito mortos e ferindo mais de 30. O artefato teve como alvo a igreja Fé Viva, perto do aeroporto de Bauchi. Segundo o comissário de polícia Mohammed Ladan, o homem que dirigia o carro também morreu.

AE, Agência Estado

03 de junho de 2012 | 12h19

A explosão também destruiu parte da igreja Campo de Colheita, derrubando paredes quando ainda havia pessoas dentro dela. Algumas pessoas também ficaram com queimaduras. Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque, mas a explosão ocorreu enquanto a Nigéria enfrenta uma crescente onda de violência sectária provocada pelo grupo radical islâmico conhecido como Boko Haram.

O grupo, cujo nome significa "educação ocidental é sacrilégio" na língua falada pelos muçulmanos do norte da Nigéria, foi considerado culpado pela morte de mais de 530 pessoas apenas neste ano, segundo uma contagem da Associated Press. A Nigéria, um país de mais de 160 milhões de habitantes, é dividida entre o norte majoritariamente muçulmano e o sul cristão. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Nigériaexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.