Explosão em mina chinesa deixa 26 mortos

Pelo menos 26 mineradores morreram devido a uma explosão de gás metano numa jazida de carvão, cuja licença de produção tinha vencido, na província de Shanxi, no norte da China, informaram nesta quinta-feira, 29, as autoridades locais.Inicialmente haviam sido resgatados 19 corpos. As equipes de resgate localizaram mais tarde sete que estavam desaparecidos.Segundo a agência de notícias Xinhua, 106 operários estavam no interior da mina de carvão de Yujialing, na cidade de Yipingyuan, ao meio-dia da quarta-feira, 28, quando aconteceu a explosão.Um grupo de 80 mineradores conseguiu escapar. Um deles, gravemente ferido, está sendo tratado num hospital.A polícia deteve o proprietário da mina, Zhou Xiaogen, o diretor, Li Mingshun, e outros responsáveis, que não observaram as medidas de segurança.A capacidade de produção anual da mina era de 150 mil toneladas de carvão. Mas a licença de produção, já vencida, autorizava apenas 90 mil.É o segundo acidente grave em 10 dias em Shanxi, um dos principais centros de produção de carvão da China. Em 18 de março, 21 mineradores morreram na cidade de Jincheng. Texto atualizado às 4h10

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.