Explosão em mina de carvão mata 27 trabalhadores na China

Equipes de socorro ainda buscam sete mineiros que ficaram soterrados na região de Xiaoyi, norte do país

Efe,

14 de junho de 2008 | 00h10

Vinte e sete mineiros morreram e outros sete ficaram soterrados depois de uma explosão ocorrida numa mina de carvão na China, neste sábado (sexta-feira, horário brasileiro), segundo divulgou a imprensa local. De acordo com as autoridades, no momento da explosão 58 mineiros trabalhavam na mina Anxin Coal Mining Co. Ltd., localizada na região de Xiaoyi, norte do país - as equipes de socorre intensificaram as buscas para tentar resgatar os sete soterrados. Segundo os donos da mina, o desabamento ocorreu depois de uma falha na detonação de explosivos num túnel. As minas de carvão da china são as mais perigosas do mundo. Só em 2007, 3.770 pessoas morreram, segundo dados do governo. Organizações independentes contestam os números e dizem que 20 mil pessoas perderam a vida na atividade.

Mais conteúdo sobre:
China

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.