Explosão em mina de carvão mata 35 na China

Pelo menos 35 pessoas morreram e outras 44 ficaram soterradas depois de uma explosão de gás numa mina de carvão no centro da China na manhã desta terça-feira. No momento da explosão, 93 pessoas trabalhavam na mina, na cidade de Pingdingshan, na província de Henan, segundo a Administração Estatal da Segurança do Trabalho.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

08 de setembro de 2009 | 05h36

Os outros 14 trabalhadores conseguiram escapar, informou o órgão, que enviou um representante para supervisionar os trabalhos das equipes de resgate. A agência oficial de notícias Xinhua, citando um porta-voz do comitê do Partido Comunista na cidade, disse que o governo de Pingdingshan ainda não havia renovado a autorização para o funcionamento da mina.

A China tem um histórico deprimente de segurança do trabalho e suas minas de carvão estão entre as mais perigosas do mundo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaacidentemina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.