Explosão em mina de carvão na China mata 27

Uma explosão acidental em uma mina de carvão no sudoeste da China matou 27 trabalhadores neste sábado, 11, informou a agência estatal de notícias Xinhua. Este foi o segundo acidente fatal em minas de carvão do país em dois dias.

AE, Agência Estado

11 de maio de 2013 | 16h33

Segundo autoridades locais, 81 mineiros foram resgatados com vida após a explosão na mina Taozigou, na cidade de Luzhou, disse a agência, acrescentando que 16 estavam feridos e foram levados ao hospital.

Na sexta-feira, uma explosão em uma mina na província de Guizhou, também no sudoeste do país, matou 12 mineiros, segundo a Xinhua.

As minas da China estão entre as mais perigosas do mundo, devido à regulação deficiente, corrupção e procedimentos operacionais ruins. Acidentes são comuns porque a segurança dos trabalhadores geralmente é negligenciada por patrões que buscam lucro fácil. De acordo com dados oficiais, 1.973 pessoas morreram em acidentes em minas de carvão na China em 2011, uma queda de 19% na comparação com o ano anterior.

Grupos de direitos trabalhistas, no entanto, dizem que o número deve ser bem maior, já que donos de minas costumam omitir acidentes para limitar suas perdas econômicas e evitar punições. A China é o maior consumidor mundial de carvão, que atende a 70% das necessidades energéticas do país. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaexplosãominacarvãomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.