Explosão em mina de carvão na China; todos estão mortos

A Rádio Nacional da China informou nesta quarta-feira que aumentou para 166 o número de mortos na explosão, domingo passado, em uma mina de carvão na província de Shaanxi. Um porta-voz das equipes de resgate afirmou à rádio que todos os mineiros que ficaram presos na mina foram dados como mortos. As autoridades chinesas haviam divulgado anteriormente a cifra de 65 mortos e 101 desaparecidos. Às 7h10 (hora local) da manhã de domingo, 28 de novembro, 293 mineiros trabalhavam no interior da mina Chenjiashan quando ocorreu a explosão. Apenas 127 conseguiram escapar por estarem perto do acesso ao poço. A alta concentração de monóxido de carbono, mortal ao ser humano, dificultou as operações de resgate e reduziu as possibilidades de sobrevivência dos trabalhadores presos na mina. Foi um dos mais graves acidentes em minas de carvão da China nos últimos dez anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.