Explosão em mina de ouro mata 46 na China

Uma explosão em uma mina de outro no norte da China deixou pelo menos 46 mineiros mortos depois que a direção do complexo de mineração lhes pediu que continuassem trabalhando apesar de ter ocorrido um princípio de incêndio no lugar, denunciou a imprensa local. As autoridades confirmaram o acidente, mas desmentiram que os mineiros tenham sido obrigados a trabalhar em condições perigosas. Segundo o jornal Huashang Bao, duas testemunhas disseram que em 22 de junho 117 mineiros estavam em uma mina de Fanshi, na província de Shanxi, quando houve um princípio de incêndio. Apesar da presença de várias toneladas de explosivos, o chefe da mina teria pedido aos operários que continuassem a trabalhar. Uma hora depois, disse o diário, ocorreu a explosão. As autoridades locais confirmaram o incidente e o balanço das vítimas, mas negaram a versão. Um jornalista do Huashang Bao afirma ter sido impedido de falar com os familiares das vítimas reunidos em um hotel vizinho ao local da tragédia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.