Explosão em mina deixa 13 trabalhadores mortos na China

33 mineiros trabalhavam sob a terra quando aconteceu a explosão, 20 deles sobreviveram

Efe,

08 de dezembro de 2010 | 03h42

Treze trabalhadores morreram após a explosão de gás metano em uma mina de carvão na província chinesa de Henan, informou nesta quarta-feira, 8, a agência oficial Xinhua.

Zhang Guohui, diretor do Birô provincial de segurança trabalhista, disse à Xinhua que 33 mineiros trabalhavam sob a terra quando aconteceu a explosão e que 20 deles sobreviveram. O acidente aconteceu na noite de terça-feira em uma mina da Companhia de Indústria de Carvão Juyuan no distrito de Mianchi, na cidade de Sanmenxia.

O poço onde aconteceu o acidente pode produzir até 150 mil toneladas anuais de carvão, mas estava em reestruturação, sem autorização para operar. Explosões de gás metano, inundações e incêndios ocorrem frequentemente nas explorações de carvão na China causando milhares de mortes anualmente.

Segundo a Administração Estatal de Segurança em Minas de Carvão, em 2008 foram registrados 3.215 acidentes no setor. O organismo não especificou o número de mortos e de acidentes em 2009 e 2010.

Tudo o que sabemos sobre:
ExplosãoMinaGásCarvãoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.