Explosão em mina mata 20 trabalhadores na China

Pelo menos 20 trabalhadores foram mortos e outros estão presos no subsolo, após uma explosão em uma mina na China na quinta-feira, afirmou a imprensa estatal. A mina foi atingida por uma "explosão de carvão e gás", quando houve uma repentina e violenta expulsão de carvão, gás e pedras de um dos pontos da mina, o que pode causar vários ferimentos e danos ao maquinário, disse um funcionário local do setor de segurança.

AE, Agência Estado

10 de novembro de 2011 | 08h50

A estatal China News Service informou que 20 mortes foram confirmadas. Há esforços para resgatar mais pessoas da mina, localizada na província de Yunnan, no sudoeste do país. Os trabalhadores ainda presos eram ameaçados por um vazamento de gás. O número exato de funcionários presos ainda está sendo verificado, segundo a agência estatal Xinhua.

Acidentes em minas de carvão são comuns na China, onde a segurança no trabalho muitas vezes é negligenciada em prol do lucro dos patrões. No ano passado, morreram 2.433 pessoas em acidentes em minas do país, segundo estatísticas oficiais - ou mais de seis trabalhadores por dia.

Grupos de direitos dos trabalhadores temem que o número de mortos seja muito maior, pois há mortes não relatadas, já que patrões querem limitar seus prejuízos econômicos e evitar punições. A rápida expansão econômica chinesa pressiona a demanda por energia, incluindo carvão. A China depende do carvão para 70% de suas necessidades energéticas. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaminaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.