Wang Song/Xinhua via AP
Wang Song/Xinhua via AP

Explosão em mina mata 21 na China

Equipes de resgate tentam retirar o único sobrevivente, preso há três dias no local

O Estado de S.Paulo

02 Dezembro 2016 | 23h54

 PEQUIM - Uma explosão de gás em uma mina de carvão no nordeste da China deixou 21 mortos. Equipes de socorro tentam resgatar um único sobrevivente, preso há três dias na mina, informou a imprensa local nesta sexta-feira.

A explosão ocorreu na terça-feira à noite na mina administrada por um empresa privada na comuna de Qitaihe, Província de Heilongjiang, e soterrou 22 mineiros, informou a agência oficial Xinhua. Citando fontes locais, a agência disse que a morte de 21 pessoas foi confirmada na noite desta sexta-feira.

O trabalho dos socorristas foi interrompido pelos escombros que impedem o avanço a algumas galerias da mina. A China é o primeiro produtor mundial de carvão e os acidentes com mortos nas minas são frequentes.

Em novembro, 33 mineiros morreram em uma explosão de gás que destruiu uma mina no município de Chongqin (sudoeste) e em setembro, pelo menos 18 pessoas morreram em outra explosão em uma mina de carvão em Ningxia (noroeste).

As autoridades afirmam que o número de mineiros mortos seria atualmente inferior a mil por ano, após uma redução sensível na última década, cifras que as organizações de defesa dos trabalhadores consideram subestimadas. / AFP

Mais conteúdo sobre:
China

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.