Explosão em mina matou pelo menos 25 na China

Vinte e cinco mineiros chineses morreram após uma explosão de gás em uma mina de carvão na Província de Xaanxi, centro da China. Equipes de resgate tentam salvar 141 mineiros que ainda estão presos nas galerias da mina. Funcionários chineses disseram que se os esforços de resgate fracassarem este poderá ser o pior desastre da indústria mineira do país em vários anos.Pelo menos 127 trabalhadores conseguiram escapar da mina estatal Chenjiashan, que fica na cidade de Tongchuan, após a explosão que ocorreu ontem às 7 horas locais (20 horas de sábado em Brasília), pois estavam perto da entrada da mina, informou a agência oficial Nova China. A explosão ocorreu a 8 quilômetros da entrada das galerias subterrâneas. Quarenta e um dos trabalhadores foram hospitalizados e cinco estão em estado grave. Vários mineiros sofreram intoxicação por aspirar monóxido de carbono.As minas da China são as mais perigosas do mundo. Milhares de trabalhadores morrem a cada ano por explosões, incêndios, deslizamentos e inundações, normalmente atribuídas às más condições de segurança e à falta de equipamentos adequados. As condições de trabalho são tão ruins que 70 mil mineiros morrem anualmente de pneumoconiose, uma doença respiratória causada pela inalação do pó do carvão por períodos prolongados. Atualmente 600 mil trabalhadores sofrem dessa doença no país asiático.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.