Explosão em oleoduto na Nigéria mata mais de 200 pessoas

A explosão em um oleoduto que coletava petróleo nesta terça-feira, na maior cidade da Nigéria, Lagos, deixou pelo menos 200 mortos, de acordo com informações da Cruz Vermelha. A tragédia ocorreu no começo da manhã no setor de Abule Egba. Apolícia informou que ainda está estimando número de mortos. "Acabamos de ser informados. Precisamos de mais tempo para ter osdetalhes", disse à EFE o porta-voz Bode Ojajuni. Testemunhas informaram que havia uma grande bola de fogo no localda explosão. "Vi a muita gente com graves queimaduras que estavam sendolevadas em ambulâncias", informou o mecânico Baba Oyo, acrescentando que o fogo começou quando vários jovens estavamrecolhendo combustível que vazava de um duto rompido. Aparentemente,o encanamento foi furado para que o combustível fosse roubado. "As pessoas estavam ali desde a 1 hora (22 horas de segunda-feira emBrasília) para recolher o combustível", disse ainda Oyo. A Nigéria atravessa atualmente uma grande escassez decombustíveis que deixou o valor da gasolina no mercado negro quatrovezes acima de seu preço regular. O incidente é o mais recente de uma série de incêndios em dutosde combustíveis e de petróleo que nos últimos anos mataram centenasde pessoas na Nigéria, o maior produtor africano de petróleo. No início deste mês, uma pessoa morreu queimada em incidenteparecido na cidade de Festac, também nos arredores de Lagos. Cerca de 5 mil dutos de petróleo e seus derivados da companhiaestatal Corporação Nacional de Petróleo da Nigéria cruzam todo opaís, o mais povoado da África, com mais de 130 milhões dehabitantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.