Explosão em planta química na China deixa 11 mortos

Explosões em uma planta química hoje no sudoeste da China deixaram 11 mortos. Segundo a agência oficial Nova China, outras dezenas de pessoas ficaram feridas e milhares tiveram de deixar suas casas. A primeira explosão ocorreu por volta das 6 horas, na cidade de Yizhou, na província Guangxi. Oito pessoas foram dadas como desaparecidas e outras 57 ficaram feridas nesse primeiro momento.As explosões continuaram até as 13 horas, lançando fogo em uma área de quase 10 mil metros quadrados, informou a agência, citando um bombeiro não identificado. O governo retirou da região 11.500 moradores, temendo novas explosões ou vazamentos químicos. "Tudo que eu sei é que pode ser uma explosão séria", afirmou o bombeiro Fan Yinfeng, que trabalhava nos resgates.A planta produz sobretudo químicos para adesivos e tintas, informou a Nova China. É propriedade da Guangxi Guangwei Chemical Co. O problema é atribuído à falta de equipamentos de segurança e ao fato de trabalhadores ignorarem regras para prevenção de acidentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.